2017-09-14 às 17:16

MINISTRO DA CULTURA LAMENTA MORTE DE FERNANDA BORSATTI

O Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, lamentou a morte de Fernanda Borsatti, uma atriz que se destacou pela versatilidade, ao mesmo tempo que deixou uma marca pessoal na arte de representar.

Ao longo de mais de seis décadas de trabalho, Fernanda Borsatti integrou diversas companhias de teatro, desempenhando também numerosos papéis no cinema e na televisão.

Da revista à comédia, do drama à ficção, a atriz foi contemporânea do crescimento do teatro e do nascimento da televisão pública no País, levando as artes a um maior número de cidadãos.

Ao seu público, atriz manifestou sempre respeito e gratidão, fazendo parte da vida de muitos portugueses, que a reconheciam e acarinhavam.

Fernanda Borsatti foi homenageada e premiada em vários momentos da sua carreira, mas manteve sempre a discrição: «O melhor que uma pessoa pode ter na sua vida é fazer aquilo de que gosta. E eu tenho essa sorte, que é ser atriz!».

Tags: cultura, teatro, televisão