Carlos Miguel - Secretário de Estado das Autarquias Locais - Administração Interna - XXI Governo - República Portuguesa

Administração Interna

Carlos Miguel

Secretário de Estado das Autarquias Locais

Período de governação: 2017-10-21 até à data atual

Biografia

Nasceu em Torres Vedras e teve no campo do Torreense a sua creche e jardim-de-infância. Fez a escolaridade em Torres Vedras, na Escola Industrial e Comercial, onde se formou serralheiro e ali viveu o 25 de Abril, enquanto líder estudantil, ingressando em 1975 no Liceu da então vila. 

Quis estudar Psicologia , mas optou por Direito na Universidade de Lisboa, onde se licenciou em 1982.  Durante todo este tempo foi atleta, praticando basquetebol e luta greco-romana, tendo chegado a sagrar-se campeão nacional, na sua categoria. 

Advogou em Torres Vedras até 2001. Foi presidente da Assembleia Municipal, vereador e presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, cargo que exerceu entre 2004 e 2015. 

Enquanto Presidente da Câmara Municipal, foi  presidente do Conselho de Administração dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, vogal do conselho de administração da Águas do Oeste, S.A, secretário da mesa de assembleia-geral da Valorsul  - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e do Oeste, S.A. e presidente do conselho intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Oeste. 

Foi membro suplente do Conselho Económico e Social e integrou o Grupo Consultivo para a Integração das Comunidades Ciganas (CONCIG), do Alto Comissariado para as Migrações.

Manteve sempre uma forte ligação ao associativismo, tendo sido presidente da A.E.F.D. - Física de Torres Vedras. Cultiva, desde jovem, o gosto pela fotografia, expondo de quando em quando. A arte contemporânea é a sua paixão. Reside no centro histórico da cidade onde nasceu.

Desde 26 de novembro de 2015 desempenha funções como Secretário de Estado das Autarquias Locais.

Nas suas funções governativas gosta de «andar de terra em terra», mas adora chegar a casa e brincar com o «Raf» e a «Chavi», os guardiães do seu quintal. Gosta do que faz.