Saltar para conteúdo

Notícias

2023-12-05 às 12h47

COP28. Portugal na Cimeira do Clima

.

Portugal marcou presença na 28.ª Conferência das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima, no Dubai 



COP28. Perguntas e respostas

Declaração final da Conferência das Partes, que decorreu no Dubai, inclui uma referência explícita ao abandono dos combustíveis fósseis

Portugal saúda consenso sobre o clima alcançado na COP28

Mensagem oficial do Ministro do Ambiente e Ação Climática, Duarte Cordeiro, sobre a COP 28 

Portugal quer uma transição justa também na questão de género

No dia da igualdade de género da COP28, a 4 de dezembro, Portugal assinou pela mão  da Secretária de Estado da Energia e Clima, Ana Fontoura Gouveia, a Carta Compromisso – Manifesto Mulheres Pelo Clima, um "compromisso para incluir ativamente as mulheres em todas as fases das políticas ambientais". 

O que é que os Açores vão  fazer para atingir a neutralidade carbónica?

O Roteiro para a Neutralidade Carbónica dos Açores foi apresentado no pavilhão português da COP28.Declaração final da Conferência das Partes, que decorreu no Dubai, inclui uma referência  explícita ao abandono dos combustíveis fósseis.

"Não há solução para o clima que não inclua o continente africano"

No sábado (2 de dezembro), foi apresentada a versão portuguesa do Resumo Executivo do Relatório "Financiamento da Energia Limpa em África" da Agência Internacional de Energia, no Pavilhão de Portugal na COP28, com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa. 

O planeta provavelmente pode sobreviver à humanidade. Mas não há uma Humanidade B

"Muitas vezes ouvimos dizer que não há um planeta B. A verdade da História é que o planeta já existia antes da humanidade e provavelmente pode sobreviver à humanidade. O que sabemos, de certeza, é que a humanidade não sobreviverá a si própria e que não há uma "Humanidade B’", afirmou António Costa,  na intervenção feita perante os líderes mundiais na COP28, no sábado, 2 de dezembro.

Converter dívida pública em investimento verde "beneficia toda a Humanidade"

No primeiro dia na COP28 o Primeiro-Ministro, António Costa, assinou dois acordos para a conversão de dívida de Cabo Verde e São Tomé e Príncipe em financiamento climático. "Se há algo que após a COP temos vindo a reconhecer é que o esforço de investimento é essencial nos países em desenvolvimento, aqueles que mais sofrem os impactos das alterações climáticas, menos contribuíram historicamente e que mais dificuldades têm em fazer os investimentos necessários", afirmou então. 

 Primeiro-ministro na 28ª Cimeira do Clima das Nações Unidas

A COP28,  uma iniciativa promovida pela ONU que junta quase todos os países do mundo, com vista à adoção de medidas de combate às alterações climáticas, abriu portas na última quinta-feira, no Dubai.

Pela primeira vez Portugal participa na Conferência do Clima com um pavilhão próprio, com programação diária ao longo de todo o evento.