Saltar para conteúdo

Notícias

2019-07-19 às 15h31

«Inovar é necessário para que a Administração Pública continue a servir o País com qualidade e sustentabilidade»

Secretária de Estado da Administração e do Emprego Público, Maria de Fátima Fonseca, na entrega de prémios para projetos inovadores na gestão pública, Lisboa, 19 julho 2019
Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa na entrega de prémios para a inovação na gestão pública, Lisboa, 19 julho 2019 (Foto: João Bica)
O Governo anunciou os vencedores dos melhores projetos para a gestão pública numa cerimónia em Lisboa onde estiveram presentes a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva, e os Secretários de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa, Luís Goes Pinheiro, e da Administração e do Emprego Público, Fátima Fonseca.

«Ao longo do último ano, tivemos mais de 1300 participantes na promoção e dinamização do Sistema de Incentivos à Inovação na Gestão Pública (Siigep), mais de 600 pessoas participaram em ações de capacitação e foram apresentados 36 projetos experimentais, envolvendo cerca de 200 pessoas», afirmou a Secretária de Estado.

Fátima Fonseca acrescentou: «Estamos aqui hoje para reconhecer precisamente equipas que concretizaram projetos que já apresentam resultados mensuráveis e estimular o potencial de replicação das ideias que funcionam». 

«Nesta primeira edição dos prémios, foram apresentadas 45 candidaturas aos prémios de inovação», disse ainda a Secretária de Estado, referindo que a avaliação das mesmas foi feita segundo cinco critérios: inovação, trabalho colaborativo, envolvimento dos trabalhadores e partes interessadas, potencial de replicação e sustentabilidade.

Com três dimensões inovadoras, o Siigep é composto pelas categorias: valorização dos recursos humanos, melhoria dos ambientes de trabalho e desenvolvimento dos modelos de gestão.

«Esta foi uma missão bem-sucedida porque temos premiados em todas as categorias», regozijou-se Fátima Fonseca. O Agrupamento de Escolas de Santo António, no Barreiro, o Instituto de Informática e a Secretaria Geral do Ministério do Ambiente e da Transição Energética foram os premiados.

Robustecimento da Administração Pública

«O desenvolvimento da capacidade de inovação nos serviços públicos faz parte da estratégia de robustecer a Administração Pública para lidar com os desafios do presente e do futuro», afirmou ainda Fátima Fonseca, sublinhando que «inovar vale a pena». 

A Secretária de Estado realçou: «Inovar na Administração Pública é possível e necessário para que a Administração Pública continue a servir o País com qualidade e sustentabilidade». 

«Porque não existe inovação sustentável sem a participação ativa dos trabalhadores», é preciso «todos criarmos espaço para a inovação a partir das pessoas, do seu conhecimento técnico, da sua experiência, da sua capacidade de interação, da sua compreensão das necessidades e da sua vontade», lembrou Fátima Fonseca.

Referindo-se ao Siigep, a Secretária de Estado disse que «este sistema de incentivos é voltado para o interior da Administração Pública, criando condições para que esta possa inovar - por dentro, na sua gestão» e «para fora, no serviço ao cidadão e às empresas».

«O Siigep veio reforçar o ecossistema de inovação da Administração Pública, criando condições para que a inovação seja uma capacidade transversal em todos os organismos e entidades públicas», concluiu.