«Em Portugal encontrarão um porto seguro para os vossos investimentos» - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-05-04 às 18h18

«Em Portugal encontrarão um porto seguro para os vossos investimentos»

Primeiro-Ministro António Costa no encerramento de um fórum de negócios com empresas canadianas, Toronto, 4 maio 2018
«Em Portugal encontrarão um porto seguro para os vossos investimentos. Encontrarão um ambiente de negócios e também um Governo empenhado na inovação e no crescimento», afirmou o Primeiro-Ministro António Costa no encerramento de um fórum de negócios em Toronto, no terceiro dia da sua visita oficial ao Canadá.

Neste fórum, promovido pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e pelo Clube Económico do Canadá, que reuniu quatro dezenas de associações empresariais e empresas, participou também o Primeiro-Ministro federal, Justin Trudeau, e o Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, que acompanha a visita. 

Simultaneamente, «Portugal é o melhor país para ser uma segunda casa para os investidores canadianos que querem permanecer no mercado único europeu após o Brexit», afirmou António Costa.

O Primeiro-Ministro traçou o panorama da evolução macroeconómica de Portugal nos últimos anos e na atual conjuntura política e económica na Europa, apontando a redução do défice e da dívida pública, referindo que a agência de notação financeira canadiana DBRS «já não é agora a única» que coloca Portugal como país para investimento.

Crescimento da economia, do emprego e do investimento

António Costa sublinhou que a economia portuguesa «está a crescer mais rápido» do que as dos outros Estados da zona euro, com «acentuada descida do desemprego», com um investimento que «é o dobro da média da União Europeia», e com um aumento das exportações de Portugal de cerca de 12% entre 2012 e 2017.

«Portugal virou a página da austeridade, obteve bons resultados com políticas que geraram maior confiança para os investidores e trabalhadores, e ganhou credibilidade externa», disse.

O Primeiro-Ministro assinalou também o aumento das exportações canadianas para o mercado português, afirmando que a assinatura do acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá (CETA) cria mais oportunidades para o comércio e o investimento nos dois sentidos.

«O CETA é o mais ambicioso acordo comercial até agora celebrado pela União Europeia. Reduzirá os custos de exportação dos dois lados do Atlântico e diminuirá um vasto conjunto de entraves comerciais. O CETA representa uma grande oportunidade desde o comércio de bens, aos serviços, até ao reconhecimento de diplomas de ensino», acrescentou António Costa.

O Primeiro-Ministro federal Justin Trudeau, destacou os casos de sucesso de portugueses que hoje se destacam no setor empresarial, nomeando empresas do ramo alimentar que, com o CETA, poderão ter mais produtos portugueses nas suas lojas.

Ainda no campo empresarial, neste terceiro dia, o Primeiro-Ministro reuniu-se ainda com representantes de duas empresas mineiras, a Lundin Mining e a Almonty.

No campo político, António Costa reuniu-se hoje com a Primeira-Ministra do Ontário, Kathleen Wynne.