Saltar para conteúdo

Economia e Transição Digital

André de Aragão Azevedo

Secretário de Estado para a Transição Digital

Período de governação: 2019-10-26 até à data atual

Biografia

Nascido em Lisboa em 1972, André de Aragão Azevedo é licenciado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa, é casado e tem três filhos. 

Viajou para Macau em 1995 onde trabalhou como Advogado e Consultor Jurídico, apoiando a fase prévia e posterior da transição de Macau para Administração chinesa. Em 2005 regressa a Portugal para trabalhar na Assembleia da República, como assessor parlamentar das Comissões de Assuntos Constitucionais, Negócios Estrangeiros e de Ética. 

Entre 2008 e 2011, integra o Ministério da Saúde com funções de Chefe do Gabinete do Secretário de Estado da Saúde. 

Em 2012, entra na Microsoft Portugal com funções de gestão comercial no Setor Público e em 2017 torna-se administrador com a responsabilidade de promover a utilização da tecnologia como fator de transformação das empresas e organizações nacionais. Teve a seu cargo a coordenação do plano de capacitação tecnológica do ecossistema de startups e de centros de investigação com base em serviços cloud, bem como a capacitação digital dos cidadãos e profissionais ao longo do seu ciclo de vida.

Em 2019, aceita o convite para integrar o executivo de António Costa no XXII Governo Constitucional, como Secretário de Estado para a Transição Digital, no Ministério liderado por Pedro Siza Vieira, tendo como principal desafio a digitalização da economia portuguesa. Em Março de 2020, ainda antes da Pandemia Covid19 atingir Portugal, apresenta o Plano de Acão para a Transição Digital, um documento focado nos objetivos delineados para a legislatura, com 12 medidas emblemáticas que visam projetar o país no mundo sem deixar ninguém para trás, através da capacitação digital das pessoas, da transformação digital das empresas e da digitalização do Estado.