«Segurança é um dos elementos essenciais para a inclusão social» - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-02-05 às 18h18

«Segurança é um dos elementos essenciais para a inclusão social»

Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, na cerimónia de assinatura dos protocolos de associação ao Contrato Local de Segurança de Lisboa, 5 fevereiro 2018
«A segurança é um dos elementos essenciais para a inclusão social, para a competitividade, para a atratividade das cidades, dos países», afirmou o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, na cerimónia de assinatura dos protocolos de associação ao Contrato Local de Segurança de Lisboa.

O Ministro disse também que «a segurança é um valor que não tem uma expressão estritamente técnico-policial – essa é a pior forma de olharmos para ela», a política de segurança tendo «esta dimensão local que queremos com a autarquia de Lisboa acentuar e aprofundar nas suas várias frentes».

Eduardo Cabrita exemplificou esta dimensão específica que a política de segurança deve ter em cada local com a descentralização de competências para a Polícia Municipal, medida que agora «está consolidada a bem do País e a bem de Lisboa».

Sublinhando que Portugal é «um dos países mais seguros do mundo», o Ministro disse que a segurança é «decisiva para motivar investimento».

«O sucesso do turismo de Lisboa, que teve em 2017 o ano mais notável de sempre, deve-se também a esta consciência global que comparativamente com tantas outras, Lisboa é uma das capitais mais seguras do mundo», acrescentou.

Os protocolos de associação ao Contrato Local de Segurança de Lisboa referem-se a três projetos dedicados a jovens e idosos, desenvolvidos nos bairros do Casal dos Machados, da Cruz Vermelha e no Bairro de Santos (Rego).

Estão ainda previstos protocolos para outros bairros como os do Armador, do Condado e Padre Cruz.