Saltar para conteúdo

Notícias

2019-07-22 às 16h49

«Retomar nível máximo de cooperação bilateral» entre Portugal e Guiné-Bissau

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou que a visita oficial à Guiné-Bissau que começa a 25 de julho pretende «retomar o nível máximo de cooperação bilateral entre os dois países».

«Agora que a Guiné-Bissau tem um governo em plenitude de funções não há razão para que a cooperação continue a ter um nível inferior àquele que poderia ser», disse o Ministro durante o 4.º Encontro da Rede de Ensino de Português no Estrangeiro, em Lisboa.

Entre 25 e 28 de julho, a agenda do Ministro dos Negócios Estrangeiros inclui reuniões com o Presidente da República da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, com o Primeiro-Ministro Aristides Gomes e com a Cooperação Portuguesa na Guiné-Bissau, além de manter o «intenso trabalho» com a Ministra dos Negócios Estrangeiros, Suzi Barbosa.

O Programa Estratégico Cooperação entre Portugal e a Guiné-Bissau para o período 2015-2020 tem um envelope financeiro indicativo de 40 milhões de euros e tem como prioridades a promoção da boa governação, estado de direito e direitos humanos, desenvolvimento sustentável e bens públicos globais.

A visita deverá servir igualmente para lançar as discussões sobre o futuro da cooperação entre os dois países após 2020 e a preparação do próximo programa estratégico.