Prazo para limpar terrenos «é alcançável e para cumprir» - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-01-26 às 19h54

Prazo para limpar terrenos «é alcançável e para cumprir»

O Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, afirmou que o prazo para limpar terrenos na prevenção dos fogos florestais até 15 de março «é alcançável e para cumprir».

«É uma meta gigantesca, ciclópica, de muito trabalho, mas depende da nossa determinação, da capacidade de cada um em se consciencializar que os tempos que correm obrigam a essa determinação, é uma medida de emergência, foram muitos anos de displicência», referiu o Secretário de Estado em Macedo de Cavaleiros.

José Artur Neves realçou que está em causa a limpeza de 50 metros à volta das casas isoladas, 100 metros à volta das aldeias e 100 metros à volta dos polígonos industriais e que «todos os proprietários têm de se mobilizar para executarem esta tarefa».

«É uma obrigação dos proprietários e se não o fizerem as forças de segurança, que já estão no terreno a sensibilizar, vão naturalmente aplicar as contraordenações, porque não são perdoadas», reiterou.

O Secretário de Estado destacou o trabalho que já está a ser feito no terreno e referiu que proprietários, autarcas e estruturas de Proteção Civil regionais já se estão a «mobilizar para esta causa».

José Artur Neves referiu também «a necessidade de se profissionalizar as estruturas de bombeiros em todos os concelhos», com equipas de prevenção permanente, constituídas por cinco elementos profissionais, como a que foi anunciada para Macedo de Cavaleiros. Atualmente, já existem cerca de 200 e o objetivo do Governo é criar mais 40 até 2020.