Saltar para conteúdo

Notícias

2019-07-04 às 21h34

Portugal e Cabo Verde reforçam cooperação na economia do mar

Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e Ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima de Cabo Verde, José da Silva Gonçalves, após assinatura do acordo de cooperação
Portugal e Cabo Verde reforçaram a colaboração ao nível da economia do mar, num acordo assinado em Oeiras, designado «Memorando Específico de Cooperação entre Portugal e Cabo Verde».
 
Numa declaração a agência de noticias Lusa após a assinatura do acordo, a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, referiu que este acordo será financiado pelo Fundo Azul e pelo programa Mar 2020.
 
A Ministra disse também que  o documento, agora assinado, formaliza «o bom entendimento já existente entre os dois países» e coloca «num único chapéu» todas as matérias relativas à economia do mar e que, de outro modo, «dificilmente poderiam ser concretizadas».
 
Relativamente ao montante necessário para implementar o memorando Ana Paula Vitorino referiu que não há «uma avaliação do impacto financeiro, já que depende dos projetos, pelo que não há um valor definido». 
 
A Ministra referiu que já existe, contudo, capacidade de financiamento «no que se refere a deslocações, estadias, disponibilização de meios técnicos e não só, para dar continuidade a esta cooperação».
 
«Temos mecanismos financeiros na área do mar, como o Mar 2020 que são fundos comunitários, mas também o Fundo Azul criado pelo Governo para financiar projetos, como os ligados à investigação, que não faz sentido serem financiados pela banca comercial», disse ainda.
 
Ana Paula Vitorino prevê também que parte do financiamento seja feito através dos fundos de compensação que os países europeus, fora da União, disponibilizam para usufruir do espaço económico europeu.
 
o Ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima de Cabo Verde, José da Silva Gonçalves, por sua vez, lembrou que os dois países já têm vindo a partilhar conhecimentos e experiências, no âmbito de uma cooperação que tem sido sobretudo qualitativa.
 
José da Silva Gonçalves disse também que Cabo Verde tem acompanhado de perto a modernização e alinhamento do setor do mar levado a cabo por Portugal para retirar ensinamentos e que «o Memorando vem pôr mais alento na cooperação que já existe».
Áreas:
Mar