Ministro das Finanças candidato à Presidência do Eurogrupo - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2017-11-30 às 14h50

Ministro das Finanças candidato à Presidência do Eurogrupo

Ministro das Finanças, Mário Centeno, anuncia candidatura à presidência do Eurogrupo, Lisboa, 30 novembro 2017 (Foto: José Sena Goulão/Lusa)

O Ministro das Finanças, Mário Centeno, anunciou a sua candidatura à presidência do Eurogrupo numa declaração feita em Lisboa, na qual afirmou a «intenção de contribuir para a formação dos consensos necessários para completar a União Económica e Monetária».

O Ministro disse que «vivemos um tempo de decisões importantes na Zona Euro», e «Portugal deve participar de forma ativa neste processo, oferecendo o seu contributo à Europa», pois «o futuro do País está ligado ao futuro da União Europeia».

Mário Centeno referiu a experiência portuguesa recente que «mostra como, na Europa, é possível aliar objetivos de consolidação orçamental e de crescimento inclusivo, que gera emprego».

«Os desafios com que Portugal se deparou» - e que «soube ultrapassar» - «são comuns a muitos países europeus», sublinhou.

O Ministro afirmou que «a nossa ambição passa por incentivar o fortalecimento deste que é o maior projeto da União Europeia nas últimas décadas», acrescentando que «o Euro deve ser um instrumento que promova a convergência económica e social», «que permita fomentar e facilitar o investimento», «que apoie a geração de emprego de qualidade» em todos os países.

Mário Centeno recordou que Portugal tem «defendido uma posição consistente e coerente: devemos avançar de forma confiante na União Bancária e na construção de instrumentos que fomentem a convergência» e «reforçar a confiança mútua entre os Estados do Euro com base em consensos».