Ministro das Finanças assume Presidência do Eurogrupo - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-01-12 às 12h08

Ministro das Finanças assume Presidência do Eurogrupo

Ministro das Finanças, Mário Centeno, recebe o sino da presidência do Eurogrupo do ex-presidente Joroen Dijsselbloem, Paris, 12 janeiro 2018 (Foto: Nicolas Kovarik)
O Ministro das Finanças, Mário Centeno, assumiu o cargo de Presidente do Eurogrupo por um período de dois anos e meio, cargo para o qual havia sido eleito pelos Ministros das Finanças dos países da zona euro dia 4 de dezembro.

«Estou muito motivado por ter a possibilidade de assumir a Presidência do Eurogrupo», afirmou o Ministro, acrescentando: «Estamos perante uma janela de oportunidade única para aprofundar a União Económica e Monetária, tornando a nossa moeda única mais resiliente face a futuras situações de crise». 

Mário Centeno disse ainda: «Temos a responsabilidade ir ao encontro das expectativas dos nossos cidadãos. Farei todos os esforços para alcançar os consensos necessários».

Para assinalar a transferência da Presidência do Eurogrupo, de Jeroen Dijsselbloem para Mário Centeno, decorreu uma reunião de trabalho na Embaixada de Portugal em Paris, em que se discutiu a agenda do Eurogrupo.

A primeira reunião do Eurogrupo com Mário Centeno como Presidente decorrerá no próximo dia 22 de Janeiro em Bruxelas.

Sobre o Eurogrupo

O Eurogrupo é um órgão informal em que os Ministros das Finanças dos Estados-membros da zona euro discutem assuntos relacionados com as responsabilidades comuns em relação ao euro. 

A sua principal tarefa do Eurogrupo é assegurar uma estreita coordenação das políticas económicas dos seus membros e promover condições para um crescimento económico mais forte. 

A coordenação das políticas entre os países da zona euro é crucial para garantir a estabilidade na zona euro como um todo. O papel do Eurogrupo foi estabelecido no Protocolo n.º 14 do Tratado de Lisboa, que entrou em vigor em 1 de Dezembro de 2009.

Tags:
zona euro
Áreas:
Finanças