Saltar para conteúdo

Notícias

2019-08-01 às 16h47

Ministro da Defesa Nacional despede-se de militares que vão integrar força naval da NATO

Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, na Fragata D. Francisco de Almeida, Almada, 1 agosto 2019
O Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, deslocou-se à fragata D. Francisco de Almeida, na Base Naval de Lisboa, para se despedir dos 174 militares que partiram para integrar a força naval Standing NATO Maritime Group 1 (SNMG1). 

Antes da partida, o Ministro visitou o navio e assistiu a um briefing sobre a missão, que durará até 12 de novembro.

«Obrigada pelo vosso compromisso, sei que estarão plenamente à altura da missão» e «que estão muitíssimo bem preparados para cumprir a missão pelo longo e exigente período de aprontamento», disse João Gomes Cravinho ao 174 militares. 

Para o Ministro a missão que vão desempenhar reveste-se de importância estratégica: «temos visto com satisfação que o atlântico norte que está lá nos primórdios da fundação da NATO regressou à primeira linha das considerações estratégicas».

A fragata D. Francisco de Almeida integrará o SNMG1, entre 1 de agosto e 12 de novembro de 2019, com a função primária de dotar a NATO de uma capacidade naval permanente e de disponibilidade imediata para conduzir operações no âmbito da NATO Response Force, bem como outras atividades, para intervenção num largo espectro de operações militares. 

Dos empenhamentos previstos para o SNMG1, destacam-se a integração no 2nd Carrier Strike Group da US Navy, a participação num exercício internacional no Canadá, num exercício de certificação da High Readiness Force Maritime da NRF2020 e num exercício NATO de Guerra Eletrónica e defesa antimíssil.
 
Durante o processo de aprontamento operacional para o SNMG1, que decorreu entre 9 de maio e 13 de junho de 2019, no Reino Unido, o navio foi submetido a um exigente período de treino, designado «Operational Sea Training (OST)», no que pode ser considerado como o centro de treino de excelência das marinhas mundiais.

O navio D. Francisco de Almeida é comandado pelo capitão-de-fragata Ricardo José Gomes da Silva Inácio e inclui duas equipas do pelotão de abordagem do Corpo de Fuzileiros e uma equipa de mergulhadores-sapadores
Tags: marinha, NATO
Áreas:
Defesa Nacional