Saltar para conteúdo

Notícias

2019-07-29 às 13h23

Major-General Côrte-Real Andrade é novo Subdiretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional

Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, e Subdiretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional, Lisboa, 29 julho 2019
O Major-General Côrte-Real Andrade é o novo Subdiretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional. A cerimónia de tomada de posse foi presidida pelo Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, em Lisboa.

Durante a sua intervenção, João Gomes Cravinho referiu a oportunidade de renovação e de «dar nova energia ao valioso e incontornável trabalho desta Direção-Geral na estrutura» da área governativa da Defesa.

O Ministro destacou a profissionalização do serviço militar, o sistema de saúde militar, a Lei das Infraestruturas Militares e a Lei de Programação Militar, como os mais «importantes desafios» colocados no «atual contexto de grande exigência» à Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional.

O recrutamento, a retenção e a reinserção dos militares, em regime de contrato e de voluntariado, é um dos trabalhos «mais acutilantes» desta Direção, o que requer «uma rápida e eficaz implementação do Plano de Ação para a profissionalização do Serviço Militar».

João Gomes Cravinho sublinhou, como outra prioridade de ação, as alterações que devem ser introduzidas no sistema de saúde militar, em linha com as orientações políticas já definidas, e que devem ser encaradas como «uma capacidade necessária para a ação das nossas Forças Armadas».

Com um vasto currículo profissional e académico, o Major-General Côrte-Real Andrade, Doutorado em Engenharias de Sistemas, Mestre em Sistemas Periciais e licenciado em Ciências Militares (Engenharia), pela Academia Militar acumula experiência de cooperação internacional, em funções operacionais e em representação das Forças Armadas nacionais na NATO e na União Europeia. 

O seu trabalho com as Forças de Segurança e com as Forças Armadas de parceiros como a CPLP são «mais-valias importantes» para o trabalho que vai desempenhar, disse o Ministro, dando ainda nota de apreço pela dedicação do Tenente-General Cartaxo Alves, que cessa funções, «em assuntos de grande complexidade como a NCI Academy e a aquisição do KC-390».

O Major-General Côrte-Real Andrade nasceu em Angola em 1962. Já foi subdiretor do Instituto Universitário Militar e, desde 2014, diretor do Centro de Investigação do mesmo Instituto. 

Também dirige, desde 2016, o Curso de Promoção a Oficial General e é diretor e coordenador científico do Mestrado em «Ciências Militares – Segurança e Defesa» e responsável pela Unidade Curricular de Planeamento Estratégico deste mestrado. 

Do seu percurso profissional destaca-se ainda o desempenho de funções de comando, direção, chefia, de Estado-Maior e de ensino em diversas Unidades do Exército Português, nomeadamente na Brigada Mecanizada Independente, no Estado-Maior do Exército, na Direção da Arma de Engenharia, no Comando da Logística, no Instituto de Altos Estudos Militares, na Academia Militar e na Escola Prática de Engenharia.