Saltar para conteúdo

Notícias

2019-05-14 às 14h01

«Macau é um elo entre Portugal e China virado para o futuro»

«Macau é um elo histórico entre Portugal e a China virado para o futuro» afirmou o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, durante uma receção em Lisboa, para asinalar os 20 anos da transferência da soberania de Macau para a China.

Para Eduardo Cabrita, as recentes visitas do Presidente chinês a Portugal e do chefe de Estado português à China reforçam «esta relação estreita entre os dois países e Macau é o grande elo de ligação histórico entre Portugal e a China, mas um elo de ligação a olhar para o futuro».

O Ministro  - que viveu em Macau entre 1988 e o início de 1996 - disse que trabalhou nesse período, tal como «todos, para o futuro de Macau e para que se mantivesse praticamente inalterada» a maneira de viver no território.

Sobre a declaração conjunta assinada há 32 anos - que regulou os termos de transição - Eduardo Cabrita referiu que a mesma estabeleceu «uma nova página histórica no papel de Macau» na relação entre os dois países, abrindo caminho para o que considerou ser «o grande sucesso da Região Administrativa Especial de Macau».

Entre as evidências deste sucesso e da maneira de viver inalterada, estão a existência de uma grande comunidade portuguesa em Macau, a presença cultural através da Escola Portuguesa e da comunicação social em língua portuguesa, o reforço das relações de cooperação económica e técnica, e a transmissão de experiências, mesmo na área da administração interna.

«A aplicação em Macau do princípio um país, dois sistemas é a melhor evidência do resultado positivo da cooperação estreita entre os dois países e é uma garantia do reforço permanente da amizade entre os nossos dois povos», afirmou o Ministro, que terminou o discurso em chinês, com votos de sucesso para os convidados da Região Administrativa Especial de Macau.