Saltar para conteúdo

Notícias

2019-07-15 às 19h15

Investimento na ferrovia é fundamental para a internacionalização da economia

O Primeiro-Ministro António Costa afirmou que o investimento na ferrovia é fundamental para a internacionalização da economia, durante a inauguração da eletrificação do troço da Linha do Minho entre Nine e Viana do Castelo.

Já depois de inaugurar também a eletrificação do troço entre Caíde e Marco de Canaveses na Linha do Douro, António Costa sublinhou que Portugal tem de acompanhar o grande investimento que está a ser feito para criar «grandes redes transnacionais que liguem toda a Europa por via ferroviária».

«Não podemos estar fora desse esforço, temos de estar nesse esforço», acrescentou.

A estratégia de Portugal para a ferrovia inclui um investimento superior a dois mil milhões de euros e «é um dos grandes objetivos que o País tem de ser capaz de concretizar».

Neste sentido, há três eixos fundamentais: a ligação do porto de Sines a Espanha, a ligação do porto de Aveiro a Vilar Formoso e a ligação do Porto à Galiza.

«Passo a passo, estação a estação, vamos fazendo o que temos de fazer», afirmou, reiterando o papel da ferrovia na internacionalização da economia.

«Durante anos, tivemos de partir para longe para encontrar as oportunidades que o nosso território não era suficiente para assegurar. Hoje, com a integração europeia, temos obrigação de constituir e de fazer parte de um grande mercado ibérico», disse.