Saltar para conteúdo

Notícias

2019-04-08 às 17h36

Governo quer regulamentar e proteger indústria do mar

Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, durante uma visita a uma empresa de produção de microalgas, Pataias, Leiria, 8 abril 2019 (Foto: João Bica)
A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, afirmou que o Governo vai «trabalhar no sentido de criar melhor regulamentação para proteger e incentivar» a indústria do mar.

Em Pataias, Leiria, durante uma visita a uma empresa de produção de microalgas, a Ministra sublinhou a importância de promover a investigação associada à indústria do mar e a necessidade de criar uma regulamentação adequada ao setor.

Ana Paula Vitorino referiu que é necessário clarificar as exigências a determinados produtos, acrescentando que «a uniformização em todo o mundo dos métodos de análise deste tipo de produtos» é uma reivindicação frequente das empresas.

Portugal possui já, ao nível da investigação e da produção industrial, «soluções que são inovadoras a nível mundial» e a Ministra destacou que o projeto desenvolvido pelo grupo Secil é «um dos que contribuiu para que o peso da economia do mar tenha subido de 2,5% para mais de 4%.

A empresa de produção de microalgas, Algafarm, visitada pela Ministra do Mar, foi constituída em 2016 com o objetivo de produzir microalgas para fins industriais, cosmética, substituição de combustíveis fósseis e, a longo prazo, para a alimentação animal e humana.

Com um investimento superior a 15 milhões de euros, a empresa prevê aumentar a produção de 80 para 130 toneladas de microalgas e tem em curso quatro projetos de investigação e desenvolvimento envolvendo universidades de vários países europeus, que representam um investimento superior a cinco milhões de euros