Saltar para conteúdo

Notícias

2019-05-14 às 13h23

Governo destaca «crescimento exponencial de afluxo» de imigrantes

Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, na sessão de abertura do congresso do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Lisboa, 14 maio 2019
O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou que Portugal está a registar um «crescimento exponencial de afluxo» de imigrantes nos últimos anos, referindo que o País é «novamente atrativo».

«Portugal tem hoje uma economia em grande crescimento. Isso faz com que só nestes quatro meses tenham sido dadas tantas autorizações de residência como em todo o ano de 2014. Faz com que tenhamos passado de 44 milhões de passageiros controlados nos aeroportos em 2016 para 55 milhões em 2018», disse.

Na sessão de abertura do congresso do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Eduardo Cabrita sublinhou que as autorizações de residência aumentaram de 35 mil em 2014 para 62 mil em 2018. Das 35 mil autorizações de residência atribuídas nos primeiros quatro meses do ano, 17 mil foram para imigrantes oriundos do Brasil, acrescentou.

O Ministro sublinhou que «a estabilidade social, económica e política do Brasil tem justificado que este seja o país com maior afluxo de novos residentes».

Comparativamente, nos 12 meses de 2018 foram atribuídas 28 mil autorizações de residência para cidadãos oriundos do Brasil.

A estabilidade em Portugal está a provocar também um aumento dos pedidos de renovação de autorizações de residência: das 17 mil em 2017 para quase 86 mil em 2018.