Saltar para conteúdo

Notícias

2019-03-29 às 15h40

Descida do desemprego em fevereiro alinhada com as previsões do Governo

Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira
O Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, afirmou que a taxa de desemprego de fevereiro de 2019, estimada em 6,3% (menos 0,3% do que no mês anterior) confirma as previsões do Governo.

«Estes números confirmam as indicações que íamos tendo, de que o investimento empresarial acelerou em dezembro e nos primeiros meses» de 2019, bem como «a coleta de impostos e as contribuições para a Segurança Social», disse o Ministro, após a apresentação do estudo «A produtividade da economia portuguesa», em Lisboa.

«Para o Governo, isto significa que a criação de emprego continua a crescer e que o desemprego continua a baixar», acrescentou Pedro Siza Vieira.

No mesmo sentido, também os números do desemprego de fevereiro «são confirmados pelos números do turismo e do andamento das exportações», referiu o Ministro.

Economia atravessa bom momento

«É um bom momento da economia portuguesa», afirmou ainda Pedro Siza Vieira, acrescentando que, «apesar desta ter de se confrontar com uma conjuntura económica mais incerta, continua a responder e a funcionar muito bem».

Realçando que o País «ainda precisa de fazer um esforço, no sentido de ter um trabalho digno e bem remunerado», o Ministro lembrou que o Governo está «a fazer esse caminho».

«O objetivo da política económica do Governo é criar, não apenas mais emprego, mas também melhor emprego, ou seja, mais estável, e que pague melhores salários», referiu Pedro Siza Vieira.

E concluiu: «O crescimento das contribuições para a Segurança Social, que são calculadas com base nas remunerações, está a crescer mais do que os postos de trabalho, um sinal do aumento de salários».