«Construir hoje a Administração Pública do futuro» inaugurado com sessão sobre ambientes de trabalho positivos - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-03-22 às 12h48

«Construir hoje a Administração Pública do futuro» inaugurado com sessão sobre ambientes de trabalho positivos

Ambientes de trabalho positivos: Missão Possível
Primeira sessão do ciclo de seminários do INA «Construir hoje a Administração Pública do futuro», intitulada: «Ambientes de trabalho positivos: Missão Possível», Lisboa, 22 março 2018
Com o objetivo de dotar o Estado de sustentabilidade e a prestação dos serviços públicos de maior eficácia, a Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas (INA) promove um ciclo de três encontros sobre «Construir hoje a Administração Pública do futuro». A primeira sessão tem lugar ao longo de 22 de março, em Lisboa, sendo subordinada ao tema «Ambientes de trabalho positivos: Missão Possível».

As próximas sessões estão marcadas para 16 de maio e 27 de junho, subordinadas aos temas «Percursos Profissionais na Administração Pública: Carreiras e Competências» e «Instrumentos de Gestão para a Administração Pública do Futuro», respetivamente.

«Valorizar os trabalhadores, desenvolver ambientes de trabalho positivos e melhorar a gestão pública são os três eixos» definidos pelo Governo para inovar os serviços públicos, afirmou o Ministro das Finanças, Mário Centeno, na abertura da sessão inaugural.

O Ministro acrescentou: «O Governo crê que só com uma Administração Pública forte, com trabalhadores motivados, é possível concretizar todas as políticas com eficiência e focalização nas necessidades sociais». 

Garantir boas condições de trabalho

«Para que os trabalhadores sejam ativos na melhoria do funcionamento da Administração Pública, é necessário garantir-lhes boas condições de trabalho», disse ainda o Ministro.

Sublinhando que «todos têm um papel» na construção de bons ambientes de trabalho no Estado, Mário Centeno referiu que «é responsabilidade do Governo dar prioridade à segurança e saúde».

Em breve entrará em vigor, na ordem jurídica interna, a diretiva comunitária que «prevê a criação de serviços de saúde e segurança no trabalho na Administração Pública até final de 2019».

Programa de ação na segurança e saúde

«O Governo vai implementar um programa de ação que prepare os serviços públicos para o cumprimento da lei» no que à segurança e saúde no trabalho diz respeito, afirmou Mário Centeno.

O Ministro referiu a transversalidade do tema dos ambientes de trabalho, que abrange as áreas de governação do Trabalho, Saúde e Administração Pública. 

«Da conjugação destas áreas resulta um programa que integra informação, formação e projetos-piloto para testar métodos inovadores» para que a Administração Pública promova ativamente o bem-estar dos seus trabalhadores, concluiu.