Saltar para conteúdo

Notícias

2019-07-12 às 9h02

Comemoração dos 50 anos da chegada à lua é oportunidade para negócios na área espacial

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, afirmou que há que «estimular a capacidade empreendedora» da sociedade, explorando áreas diversas relacionadas com o espaço 50 anos depois da chegada do Homem à Lua no dia 20 de julho de 1969

Estas declarações foram feitas pelo Ministro à agência Lusa, a propósito do lançamento de um programa, no dia 15 de julho, que tem como objetivo mobilizar as empresas e as universidades para as indústrias do espaço, promovendo negócios «focados, sobretudo, na observação da Terra», com destaque para áreas como a agricultura, as pescas e o desenvolvimento urbano.

«Trata-se de uma oportunidade de criar mais e melhores empregos que abrange uma gama muito alargada de setores e tecnologias com importância social e económica», sublinhou Manuel Heitor.

O Ministro lembrou ainda que Portugal tem, atualmente, «condições para prosseguir uma estratégia muito orientada para estudantes e investigadores universitários face a um leque alargado de oportunidades de baixos custos, que permitem avançar com negócios inovadores tendo em vista os mercados globais».

«A chegada dos astronautas norte-americanos do voo espacial Apolo 11 ao satélite natural da Terra constituiu um grande passo da Humanidade e, também em Portugal, a celebração do cinquentenário do acontecimento deve envolver as escolas, os empresários e o público em geral», acrescentou Manuel Heitor.

E concluiu: «O espaço é sobretudo uma área de atividades empresariais, que está a abrir novas oportunidades de negócio em diversos domínios».

A celebração dos 50 anos da chegada do homem à lua reúne empresários, estudantes e investigadores no próximo dia 15 , em Coimbra.

Com entrada gratuita, o programa, às 20 horas, no Teatro Académico Gil Vicente, inclui a apresentação da iniciativa «A nova estratégia empresarial de Portugal para o Espaço 2030» pelo Ministro.