Ciência Viva vai ajudar Nigéria «a planear e desenhar uma rede de centros de ciência» - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2018-12-02 às 22h15

Ciência Viva vai ajudar Nigéria «a planear e desenhar uma rede de centros de ciência»

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor
O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Manuel Heitor, afirmou que a «a Ciência Viva vai ajudar o Ministério da Ciência da Nigéria a planear e desenhar uma rede de centros de ciência na Nigéria».

Em Lisboa, no início de uma visita de três dias do Ministro da Ciência da Nigéria, Ogbonnaya Onu, a Portugal, Manuel Heitor destacou que o desenho de uma rede de centros de ciência na Nigéria é uma das quatro áreas de cooperação entre os dois países que foi acordada em 2016, durante a Web Summit.

«A cooperação foi lançada há dois anos. Trocámos impressões para fortalecer e lançar uma nova era nas relações entre os dois países e hoje já temos empresas a trabalhar na área do espaço e da aeronáutica, particularmente na observação da terra, e temos uma relação científica a nascer», disse Manuel Heitor.

O Ministro referiu que o cenário das relações entre os dois países foi «radicalmente» alterado nestes dois anos, acrescentando que já foram definidos acordos para o lançamento de um programa de mobilidade de estudantes, que um programa para projetos de investigação será aberto em 2019, e que será reforçado o apoio da Nigéria ao futuro Centro Internacional de Investigação Atlântica (Air Center), nos Açores.

A visita da comitiva de quase 40 investigadores e cientistas têm também o objetivo de ajudar a «reforçar as relações africanas com Cabo Verde, Angola e Guiné Bissau».

«As relações da Nigéria com Angola e Cabo Verde são incipientes e tratámos de incluir outros países de expressão portuguesa, e isso faz parte do Air Center, onde em 2019 entrarão para membros efetivos Angola, Cabo Verde, Nigéria e África do Sul, e Portugal está a dar uma ajuda importante para que os países de expressão portuguesa possam trabalhar com outros países africanos», acrescentou.

A Nigéria é um de dois países africanos com uma Agência Espacial, vocacionada principalmente para as telecomunicações e defesa, mas Portugal está a «abrir as relações com a Nigéria no espaço para aplicações civis e de segurança, e será aberta uma área dentro dos projetos de investigação para a construção de pequenos satélites, micro-satélites».