Demolição de barragens para reposição dos sistemas fluviais - XXI Governo - República Portuguesa

Notícias

2016-10-06 às 19h57

Demolição de barragens para reposição dos sistemas fluviais

Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins

O Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, presidir à cerimónia que assinala o início do processo de demolição da Barragem da Misericórdia, no concelho de Beja, e da Barragem da Sardinha, no concelho de Serpa.

Esta ação encontra-se integrada na estratégia global de reposição do continuum fluvial, visando a reposição das características dos sistemas fluviais, dos habitats aquáticos e ribeirinhos.

Esta estratégia, em complemento da reavaliação do Programa Nacional de Barragens de Elevado Potencial Hidroelétrico, é conduzida por um grupo de trabalho que tem como missão identificar infraestruturas hidráulicas (açudes e barragens) que se revelem obsoletas.

A este grupo de trabalho compete também elaborar, até final do primeiro trimestre de 2017, um plano de remoção para estas infraestruturas hidráulicas.

Antecedendo o parecer de remoção, as infraestruturas passam por uma criteriosa avaliação, sendo analisados os seguintes aspetos: obsolescência; aspetos ambientais; reposição da conectividade fluvial; existência de alternativas que constituem uma melhor opção ambiental para a prossecução dos objetivos; redução de riscos, incluindo a segurança das infraestruturas; assoreamento de albufeiras; custos de exploração e manutenção.

Áreas:
Ambiente