Discurso do Ministro do Ambiente e Transição Energética no lançamento do concurso para expansão do Metropolitano de Lisboa - ligação Rato-Cais do Sodré - XXI Governo - República Portuguesa

Intervenções

2019-01-09 às 12h26

Discurso do Ministro do Ambiente e Transição Energética no lançamento do concurso para expansão do Metropolitano de Lisboa - ligação Rato-Cais do Sodré

«No português Roteiro de Neutralidade Carbónica para 2050 há três setores particularmente relevantes para que se atinja o equilíbrio entre as emissões de CO2 e a sua capacidade de sumidouro: florestas, energia e transportes.

Nos transportes vamos ter de reduzir em 98% as emissões carbónicas, num cenário em que a mobilidade, e por consequência o número de deslocações, irá aumentar. Em 2050, toda a mobilidade terrestre, de passageiros ou de mercadorias, será elétrica ou a hidrogénio. A maturidade da tecnologia é crescente. Dou um exemplo. Financiados por nós – pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR) – estão a ser adquiridos, no país, 715 novos autocarros. No primeiro aviso, há cerca de um ano e meio, 15% dos autocarros eram elétricos; no segundo aviso, encerrado há dois meses, 41% dos autocarros já são elétricos.

Assim, a nossa convicção e compromisso é que a mobilidade de um futuro que nos é próximo será suave, partilhada, elétrica e coletiva.»

Leia a intervenção na íntegra