Saltar para conteúdo

Intervenções

2019-07-19 às 21h29

Intervenção da Ministra da Cultura no Festival de Música de Marvão

De Marvão, hoje, ouve-se música, em perfeito enquadramento com a paisagem humana e natural que nos rodeia. Ouve-se música e aqui, onde em tempos se defenderam as nossas fronteiras, hoje estreitam-se laços que ultrapassam as fronteiras, promovendo o diálogo entre o público e os músicos. 

Quero, por isso, reconhecer e sublinhar o que me parece ser um dos aspetos centrais do Festival Internacional de Música de Marvão. Ao longo das suas seis edições, este festival tem conseguido conjugar uma oferta vasta, diversificada, de elevado nível artístico e que não se resume à música, incluindo também exposições, cinema e o contacto com o património histórico, arqueológico e gastronómico desta região. 

Queria, ainda, assinalar outros dois aspetos que me parecem fundamentais. Por um lado, este Festival é fruto de uma parceria alargada de entidades, tanto públicas como privadas, demonstrando, como tenho vindo diversas vezes a realçar, que uma Cultura ao serviço de todos só é possível quando Governo, Municípios e setor privado se comprometem em conjunto e complementarmente na defesa, preservação e divulgação do património e no fomento das artes.

Leia a intervenção na íntegra em anexo.
Tags: cultura, música