Saltar para conteúdo

Comunicados

2019-05-07 às 15h17

Portugal reforça convergência com zona euro

A Comissão Europeia (CE) publicou hoje as suas Previsões Económicas de Primavera para o horizonte 2019-2020. Nestas previsões, a CE revê em alta o ritmo de convergência de Portugal face à zona euro e UE e antecipa a continuação da tendência de consolidação das contas públicas, com saldos orçamentais superiores aos da zona euro e da UE.

A CE mantém a sua previsão de crescimento para a economia portuguesa num contexto de deterioração do cenário externo, traduzida numa revisão em baixa da previsão de crescimento para a UE e zona euro, o que implica uma aceleração de 0.1 p.p. no ritmo de convergência de Portugal face àquelas áreas em 2019 e 2020.

A CE prevê que o crescimento económico em Portugal assente numa evolução robusta, quer do consumo privado, quer do investimento, que deverá permitir atenuar a diminuição do contributo da procura externa. A CE projeta também uma aceleração do crescimento do investimento para mais do dobro da zona euro e da UE, impulsionado por um período de maior absorção de fundos estruturais.

No mercado de trabalho, a CE salienta a diminuição da taxa de desemprego para 7% em 2018, o nível mais baixo dos últimos 16 anos; revê em baixa a sua previsão para 2019 e 2020; e antecipa a continuação da tendência de redução da taxa de desemprego ao longo do horizonte de previsão, devendo fixar-se em níveis inferiores aos da zona euro e UE.

As previsões da CE destacam ainda a manutenção do processo de consolidação das contas públicas, com uma previsão de melhoria do saldo orçamental e preservação da trajetória descendente do rácio da dívida pública sobre o PIB, suportada quer por excedentes primários, quer por um diferencial positivo entre o crescimento económico e a taxa de juro aplicável à dívida pública.

O Governo reafirma o seu compromisso com a promoção do crescimento económico e da melhoria das condições do mercado de trabalho, mediante a implementação do Programa Nacional de Reformas; bem como com a preservação da trajetória de equilíbrio das contas públicas, tal como definido no Programa de Estabilidade 2019-2023.
Áreas:
Finanças