Saltar para conteúdo

Comunicados

2019-05-29 às 10h09

Pagamentos em atraso no Serviço Nacional de Saúde reduzidos

O Governo aprovou um plano de liquidação de pagamentos em atraso no Serviço Nacional de Saúde que vai reduzir fortemente a dívida, prosseguindo a trajetória já iniciada.

O despacho conjunto do Ministério da Saúde e das Finanças, publicado hoje em Diário da República, estabelece os planos de liquidação dos pagamentos em atraso das entidades públicas empresariais (EPE) do SNS a 31 de dezembro de 2018, prevendo pagamentos a fornecedores ao longo dos próximos cinco anos.

No final de 2018, o valor dos pagamentos em atraso era de 855 milhões de euros, dos quais 538 milhões eram relativos a fornecedores fora da administração central do Estado.

Leia o comunicado na íntegra em anexo.
Áreas:
Finanças, Saúde