Saltar para conteúdo

Comunicados

2019-07-12 às 16h57

Nova Inspetora-Geral da Administração Interna

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, designou Anabela Leitão Cabral Ferreira, Juíza Desembargadora, para exercer o cargo de Inspetora-Geral da Administração Interna.

Anabela Leitão Cabral Ferreira exercia até agora funções na secção criminal como Juíza Desembargadora no Tribunal da Relação de Lisboa.

A tomada de posse e início de funções ocorrerá no dia 15 de julho de 2019.

É detentora de um vasto percurso profissional e académico, destacando a carreira como magistrada, assim como a experiência internacional e universitária, realçando:

A licenciatura pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra na área de Ciências Jurídico–Económicas e Master of Public and International Law na Universidade de Melbourne, na Austrália, além de uma Pós-Graduação em contencioso administrativo pela Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa e o Curso de Direito e Ambiente em Ação, no Instituto Superior Técnico de Lisboa. 

Desempenhou funções como Juíza de Direito desde 1990, com colocações no Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, Círculo Judicial de Cascais e Juízo Central Criminal de Cascais. Ocupou também o cargo de Juíza Coordenadora para os Juízos criminais, centrais e locais, do Município de Cascais.  

Desempenhou funções de formadora na República de Timor Leste ao abrigo do Protocolo de Cooperação Judiciária entre Portugal, Timor Leste e a United Nations Development Programme e membro ativo e participante da International Association of Refugee Law Judges (IARLJ). Foi formadora convidada da Associação Portuguesa de Sinalização e Segurança Rodoviária/Ordem dos Engenheiros.

Lecionou no Curso de Pós-Graduação em Ciências Jurídicas ministrado na Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa, sob o tema "A marcha do processo – fase de julgamento"

Desempenhou as funções de Chefe do Gabinete do Secretário de Estado da Administração Judiciária, entre 13 de agosto de 2004 e 13 de março de 2005.

Contou ainda com diversas comunicações e publicações em conferências, seminários, colóquios e cursos em universidades portuguesas e estrangeiras.