Saltar para conteúdo

Comunicados

2019-03-14 às 18h35

Ministra da Cultura lamenta morte do cartoonista Augusto Cid

A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, lamenta a morte do cartoonista Augusto Cid.
 
Com a morte de Augusto Cid desaparece um olhar comprometido com a causa e o pensamento público, traduzido no comentário político através do cartoon.
 
Ao longo dos anos, Augusto Cid ensinou-nos a compreender com ironia os paradoxos da vida social e política. O traço fino que materializou no cartoon, na banda-desenhada ou na escultura encontrou sempre na observação da sociedade a liberdade de expressão e o desejo de inquietação.
 
Na imprensa nacional e nos livros, o trabalho de Augusto Cid soube inventar e retratar com humor o país político. A herança que nos deixa é a da liberdade do desenho, da palavra e da imaginação.
 
À Família e Amigos enviam-se sentidas condolências.

Áreas:
Cultura