Declaração de Lisboa para a Inovação Social apresentada na Web Summit - XXI Governo - República Portuguesa

Comunicados

2018-11-05 às 13h40

Declaração de Lisboa para a Inovação Social apresentada na Web Summit

A Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques vai participar no dia 6 de novembro pelas 13h30, no palco FORUM da Web Summit, na sessão intitulada "Social innovation: Achieving a triple A rating for Europe".

Nesta sessão participarão igualmente o Comissário Europeu, Carlos Moedas, a Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Isabel Mota, e a Diretora de Inovação Inclusiva da Fundação Nesta, Madeleine Gabriel.

Este documento contém um conjunto de propostas, nomeadamente 10 ideias de implementação, 5 prioridades e 3 princípios, dirigidas à Comissão Europeia, ao Parlamento Europeu e aos Estados Membros, tendo em vista o próximo orçamento comunitário 2021-2027.

As propostas têm por objetivo aumentar o investimento em inovação com impacto social, fomentar parcerias entre setores e entre Estados Membros e incluem ainda ideias como a criação de um Observatório Europeu para a Inovação Social e a criação de bolsas de estágio para o desenvolvimento de projetos comunitários.

Esta declaração contém ainda um conjunto de recomendações para a simplificação dos mecanismos de financiamento de inovação social e de reforço do investimento nas regiões mais carenciadas.

A Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa irá destacar na sua intervenção a Portugal Inovação Social, um programa pioneiro a nível europeu que está a mobilizar 150 Milhões de Euros do Fundo Social Europeu para o financiamento de projetos de inovação e empreendedorismo social, sendo Portugal o primeiro estado membro a criar uma iniciativa deste género. A Estrutura de Missão Portugal Inovação Social foi uma das dezenas de entidades europeias que participaram na elaboração da Declaração de Lisboa.

A Social Innovation Community é um consórcio europeu, financiado no âmbito do programa Horizonte 2020 e que integra entre outras entidades a Nesta, fundação britânica dedicada à inovação social e no setor público, o ZSI – Centre for Social Innovation da Áustria, o Danish Technological Institute e as Universidades de Dortmund e de Bolonha.

Simbolicamente, os três responsáveis vão receber uma cópia deste relatório, que começou a ser elaborado há um ano atrás durante a Conferência "Novas Perspectivas para a Inovação Social", realizada em Lisboa e coorganizada pela Comissão Europeia, pelo Governo Português e pela Fundação Calouste Gulbenkian.