Saltar para conteúdo

Comunicados

2019-08-01 às 12h10

Cinco portugueses nos cinco grupos de alto nível criados para definir as Missões de I&D para o futuro programa Horizonte Europa

Cinco portugueses integram os grupos de alto nível (i.e., Missions Board) que irão definir os termos de referência para as cinco áreas das primeiras grandes missões de I&D definidas no programa no âmbito do próximo Programa-Quadro de Investigação e Inovação, Horizonte Europa (2021-2027), como recentemente anunciado pela Comissão Europeia:

  • Adaptação às alterações climáticas, incluindo a transformação societal: Helena Freitas, Universidade de Coimbra;
  • Cancro: Pedro Pita Barros, Universidade Nova de Lisboa;
  • Oceanos, mares e águas costeiras e interiores saudáveis: Tiago Pita e Cunha, Oceano Azul Foundation;
  • Cidades Inteligentes com impacto neutro no clima: Paulo Ferrão, LARSyS-IST, Universidade de Lisboa, e antigo Presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (2016-2019);
  • Saúde dos solos e alimentação: Teresa Pinto Correia, ICAM/Universidade de Évora.
As Missões de I&D são uma novidade no futuro Programa-Quadro de Investigação e Inovação Horizonte Europa (2021-2027) para melhor associar a investigação e a inovação da UE a grandes desafios e necessidades da sociedade e dos cidadãos, com forte visibilidade e impacto.

As Missões de I&D incluirão um conjunto de ações que visam alcançar um objetivo ambicioso e inspirador, bem como quantificável no quadro temporal da próxima década, com impacto na sociedade, assegurando otimizar a perceção por todos os cidadãos da relevância da atividade de I&D na Europa.