Saltar para conteúdo

Notícias

2023-11-24 às 18h19

Novas bolsas de criação literária vão financiar ensaios sobre o 25 de Abril

Bolsas para a elaboração de ensaios sobre o 25 de abril terão a duração de seis meses
Candidaturas abrem no primeiro semestre do próximo ano e terão uma duração de seis meses

O Governo criou um programa especial de bolsas de criação literária para ensaios dedicados ao 25 de Abril de 1974,  uma iniciativa para assinalar o 50º aniversário da Revolução de Abril, que se assinala no próximo ano. 


O concurso para as candidaturas às bolsas abre no primeiro semestre de 2024 e será coordenado pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), em articulação com a Estrutura de Missão para as Comemorações do quinquagésimo aniversário da Revolução de 25 de Abril de 1974.


De acordo com o regulamento das bolsas, publicado esta sexta-feira (24 de novembro) em Diário da República, os ensaios deverão abordar temas relacionados com a data que marcou a transição para a democracia, como as "dinâmicas políticas culturais, sociais e económicas da Revolução", "Resistência e luta antifascista", "Colonialismo e descolonização" ou "Consolidação democrática e qualidade da democracia". 


As bolsas têm a duração de seis meses e um montante global de sessenta mil euros.


A avaliação e seleção das candidaturas caberá a um júri constituído por três elementos e nomeado por despacho do ministro da Cultura, sob proposta da DGLAB e da Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril.


A abertura do concurso será feita com a publicação de aviso no Diário da República, sendo também divulgada nas páginas eletrónicas da DGLAB e da Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril, bem como nas respetivas redes sociais.