Saltar para conteúdo

Notícias

2023-03-15 às 15h15

Empreendedorismo jovem pode ajudar a diversificar a economia portuguesa

Secretário de Estado da Economia, Pedro Cilínio, na conferência organizada pela ANJE, Cascais, 15 março 2023
O Secretário de Estado da Economia, Pedro Cilínio, afirmou que o empreendedorismo jovem pode ajudar a diversificar a economia portuguesa, tornando-a menos dependente de setores tradicionais, como a agricultura e o turismo e, com isso, ajudar a reduzir a vulnerabilidade da economia a choques externos, como crises económicas globais. 
 
Pedro Cilínio intervinha em Cascais, na conferência organizada pela ANJE (Associação Nacional de Jovens Empresários) sobre o projeto Erasmus EU Youth Dialogue, que tem como principal objetivo promover a inclusão de jovens no acesso às oportunidades no mercado de trabalho e formação profissional.

O Secretário de Estado  salientou que programas como o Erasmus+ permitem aos jovens portugueses poder estudar e trabalhar em outros países da União Europeia (UE), aprendendo novas línguas e culturas e adquirindo novas competências e experiências, o que os ajuda a preparem-se para um mercado de trabalho cada vez mais globalizado e competitivo.  
 
Depois de lembrar a importância que o ambiente político e económico estável da UE tem na existência de um clima favorável para investimentos e negócios, Pedro Cilínio disse que os jovens adaptam-se mais facilmente às novas tecnologias e às mudanças no mercado e faz com que criem negócios que atendem às necessidades das pessoas de maneiras inovadoras e mais eficazes.
 
«Os jovens representam uma importante força laboral do país e fonte de ideias inovadoras e o empreendedorismo jovem em Portugal pode ajudar a criar empregos, a estimular o crescimento económico e a melhorar a qualidade de vida das pessoas», afirmou o Secretário de Estado.