Saltar para conteúdo

Comunicados

2023-12-02 às 22h22

Falecimento do General Luís Araújo

1. Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas entre 2011 e 2014.

2. Um dos comandantes da Força Conjunta de Proteção e Recolha de Cidadãos
Nacionais na Guiné-Bissau, após a eclosão da guerra civil naquele país.

3. Distinguido com a Cruz de Guerra e com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.

A Ministra da Defesa Nacional lamenta o falecimento do General Luís Araújo, enviando à sua família sentidas condolências.

Com mais de 40 anos de carreira militar, o General Luís Araújo desempenhou as mais altas funções nas Forças Armadas: foi Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, entre 2011 e 2014, e Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, de 2006 a 2011.

Piloto-Aviador, voou milhares de horas em múltiplas missões os helicópteros Alouette III e Puma.

Foi professor no então Instituto de Altos Estudos Militares e diretor do Instituto de Altos Estudos da Força Aérea. Entre muitos cargos desempenhados, foi também Assessor Militar para a Força Aérea na Casa Militar do Presidente da República (1996) e Diretor-Geral de Política de Defesa Nacional, no Ministério da Defesa Nacional.

Em junho de 1998, o General Luís Araújo comandou, em acumulação, a Força Conjunta de Proteção e Recolha de Cidadãos Nacionais na Guiné-Bissau, após a eclosão da crise político-militar que conduziu à guerra civil naquele país.

A competência, a dedicação, o sentido de serviço, a abnegação e a coragem que sempre colocou ao serviço das Forças Armadas e do País motivaram mais de duas dezenas de distinções e condecorações, civis e militares, entre as quais relevam a Cruz de Guerra de 2ª Classe e a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.

Neste momento de pesar, a Defesa Nacional expressa os seus sentimentos aos familiares, amigos e camaradas do General Luís Araújo.
Áreas:
Defesa Nacional