Saltar para conteúdo

Notícias

2021-07-14 às 13h46

«Orçamento global da Cultura cresceu 100 milhões de euros» entre 2018 e 2021

Ministra da Cultura, Graça Fonseca, durante a audição na Comissão de Cultura e Comunicação na Assembleia da República, Lisboa, 14 julho 2021 (Foto: João Bica)
A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, destacou que «o orçamento global do Ministério da Cultura cresceu 100 milhões de euros» entre 2018 e 2021 e sem contar com o setor da Comunicação Social.

Na Assembleia da República, durante a intervenção inicial na Comissão de Cultura e Comunicação, a Ministra referiu que a verba prevista no Orçamento do Estado para 2021 já representava um aumento de 46% face ao ano anterior e ainda foi reforçada com medidas extraordinárias como o Garantir Cultura e o Apoio Extraordinário aos Profissionais da Cultura.

«Estes números confirmam algo que sempre soubemos: uma verdadeira política de Estado para a Cultura faz-se de ideias, mas também de investimento. Investir financeiramente na Cultura é a consagração do nosso compromisso e da nossa visão para o setor», sublinhou.

Graça Fonseca reiterou que a visão estratégica do Governo para o setor da Cultura tem sido a de colocar a Cultura no centro de uma verdadeira política de Estado, «atribuindo à Cultura o seu papel central enquanto motor de atividade económica e de coesão social e territorial, assegurando a fruição de uma Cultura de elevada qualidade a todos os cidadãos, promovendo a estabilidade do setor e confiança dos seus profissionais e investindo na Cultura como garante da democracia».

Durante a intervenção, a Ministra enumerou também o impacto financeiro das medidas extraordinárias criadas para apoiar o setor e os seus profissionais durante a pandemia de Covid-19, as medidas estruturantes que resultaram do Conselho de Ministros temático dedicado à Cultura e que se realizou a 22 de abril de 2021 e ainda as verbas que chegarão ao setor através do Plano de Recuperação e Resiliência.
Tags: cultura
Áreas:
Cultura