Saltar para conteúdo

Notícias

2021-04-28 às 16h38

Lançado o portal Mais Transparência

Apresentação do portal Mais Transparência
Primeiro-Ministro António Costa e Ministros da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, e do Planeamento, Nelson de Souza, Na apresentação do portal Mas Transparência, Lisboa, 28 abril 2021 (foto: António Cotrim/Lusa)
Foi lançado o portal Mais Transparência, uma plataforma que permite aos cidadãos consultarem a informação disponibilizada pelo Estado de forma mais acessível, reforçando a sua relação de confiança com a Administração Pública. A apresentação foi encerrada pelo Primeiro-Ministro António Costa e teve a presença dos Ministros da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, e do Planeamento, Nelson de Souza. 

O portal Mais Transparência arranca com uma área dedicada aos fundos europeus. Esta área temática vai disponibilizar, de imediato e de forma acessível, a informação sobre o Portugal 2020 e sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, cuja candidatura foi recentemente submetida.

O portal foi desenhado como uma plataforma evolutiva, que ganhará novas funcionalidades e separadores, com informação relevante e de qualidade à disposição dos cidadãos, garantindo a sua acessibilidade, atualidade e usabilidade.

Após a primeira fase, seguem-se outras três até ao final do ano, que vão acrescentar novos segmentos de informação, designadamente sobre o Orçamento do Estado, contratação pública e atendimento nos serviços públicos.

A página de entrada do portal disponibiliza os principais indicadores de interesse para os utilizadores, bem como o resumo da informação disponível, o plano de evolução do portal e links para outros sítios relacionados com a transparência do Estado. 

Na área dedicada aos Fundos da União Europeia, o portal apresenta uma visão genérica do tema e trata os conceitos mais relevantes que lhe estão associados, facilitando a compreensão e a utilização pelos cidadãos.

A primeira área de destaque é o Barómetro: uma visão de genérica dos principais números sobre Fundos Europeus em Portugal, detalhando progressivamente os dados das áreas de investimento prioritárias, realizados por região e concelhos, evoluindo para o pormenor de cada projeto e beneficiários associados.

O portal tem um conjunto de funcionalidades associadas a cada uma das áreas de dados do portal que permitem detalhar mais a análise da informação, nomeadamente através da apresentação de gráficos, vistas em modo tabular, fichas técnicas e exportação de ficheiros.

Cada uma destas áreas temáticas do portal Mais Transparência é trabalhada em conjunto entre a equipa de projeto e a entidade especialista na respetiva área. 

No caso da área dos Fundos Europeus, o projeto envolve a Agência para a Modernização Administrativa, e a Agência para o Desenvolvimento e Coesão. Esta lógica de trabalho será replicada nas futuras áreas do Portal, que estão a ser desenhadas com outras entidades da Administração Pública. 

No desenho do portal destacam-se três elementos facilitadores da consulta:
  • Pesquisas de texto livre e filtros, fornecendo ao utilizador todos os meios necessários para encontrar a informação que procura.
  • Cores, padrões, fontes e diferentes formas de acesso a dados, permitindo a visualização em modo gráfico, em tabelas, ou através do download de ficheiros.
  • Compatibilidade com diversos tipos de dispositivos. 
A conceção do portal da transparência teve por base a auscultação das necessidades dos cidadãos, através de questionários públicos, workshop e entrevistas, estando prevista a realização de testes de usabilidade com cidadãos comuns ao longo do desenvolvimento do projeto.

A publicação da informação será feita seguindo as boas práticas dos dados abertos, tendo o portal dados.gov como fonte de informação para as análises numéricas a disponibilizar.

O portal Mais Transparência tem o selo de ouro de acessibilidade, que assegura o cumprimento dos requisitos de acessibilidade digital com respeito pela inclusão de todos os cidadãos portadores de deficiência ou de outras limitações.

Aceda aqui ao vídeo explicativo sobre o portal.