Saltar para conteúdo

Notícias

2021-04-29 às 18h17

Grandes Opções apontam para retoma da convergência com a União Europeia

Ministro do Planeamento, Nelson de Souza
«Quatro alvos principais constituem as nossas Grandes Opções: pessoas, empresas, ambiente e território, com medidas concretas e metas planeadas para assegurar o relançamento económico e a retoma da convergência com a União Europeia», disse o Ministro do Planeamento, Nelson de Souza, do debate da Lei das Grandes Opções para 2021-2025, na Assembleia da República.

O Ministro disse também que «as Grandes Opções são primeiro declinadas em torno de questões centrais para a governação e os serviços públicos, como sejam a sua qualidade, a defesa da democracia, o combate à corrupção, a valorização das funções de soberania e da posição de Portugal no Mundo». 
 
A dimensão mais operacional da ação governativa setorial «é organizada nas quatro agendas temáticas enunciadas pela Estratégia 2030»:
 
Agenda temática 1 – As pessoas primeiro: um melhor equilíbrio demográfico, maior inclusão e luta contra a pobreza e a exclusão, a resiliência do sistema de saúde, o combate às desigualdades de todos os tipos e a promoção da igualdade de oportunidades; 
 
Agenda temática 2 – Inovação, Digitalização e Qualificações como motores do desenvolvimento e Qualificações das Instituições e da Administração Pública; 
 
Agenda temática 3 – Transição Climática, Energética e Sustentabilidade dos recursos, e economia circular, reduzir e promover biodiversidade; 
 
Agenda temática 4 – Um País competitivo externamente e coeso internamente, territorialmente equilibrado e orientado para o mercado ibérico, mas também para a faixa atlântica.