Saltar para conteúdo

Notícias

2020-03-05 às 15h14

Governo quer duplicar ingresso de estudantes do ensino profissional ao ensino superior

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, Lisboa, 5 março 2020 (Foto: João Bica)
O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, afirmou que o Governo pretende duplicar até ao fim da legislatura o número de estudantes que ingressam no ensino superior via ensino profissional.

Na conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, Manuel Heitor referiu que, neste sentido, o Governo aprovou o Decreto-Lei que cria os concursos especiais de ingresso no ensino superior para os estudantes que tenham concluído o ensino secundário através das vias profissionalizantes e de cursos artísticos especializados.

O Ministro referiu que «o objetivo final é tentar eliminar uma desigualdade que persiste na sociedade portuguesa de acesso ao ensino superior, sobretudo dos oriundos da via profissional». Atualmente, 85% dos estudantes que terminam o ensino secundário por via científica ou humanística ingressam no ensino superior, enquanto a percentagem de estudantes do ensino profissional é de apenas 18%, «o que equivale a 4500 estudantes por ano».

Em comunicado, a área de governação da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior refere que «o Decreto-Lei prevê que os estudantes façam exames nas próprias instituições de ensino superior às quais se candidatam, tendo em vista avaliar se dispõem dos conhecimentos e competências consideradas indispensáveis ao ingresso e progressão no ciclo de estudos aos quais apresentem candidatura».