Saltar para conteúdo

Notícias

2020-05-13 às 12h25

«Dar prioridade às pessoas» na reabertura gradual da cultura

Ministra da Cultura, Graça Fonseca, na Comissão de Cultura e Comunicação na Assembleia da República, Lisboa, 13 maio 2020 (Foto: Tiago Petinga/Lusa)
A Ministra da Cultura, Graça Fonseca, afirmou que «é necessário dar prioridade às pessoas (aos artistas, aos técnicos, a todos os que trabalham neste setor)» durante a reabertura gradual da cultura.

«Para isso criámos um Grupo de Trabalho conjunto com as áreas governativas da Segurança Social e das Finanças com o objetivo de avaliar, implementar e divulgar os regimes dos contratos de trabalho dos profissionais de espetáculos e respetivo regime de segurança social», referiu.

Durante a audição na Comissão de Cultura e Comunicação na Assembleia da República, a Ministra acrescentou que «este grupo constituído pelos vários organismos das diferentes áreas governativas reunirá periodicamente com todas as entidades representativas dos diferentes setores da cultura».

Graça Fonseca sublinhou também o calendário para a reabertura gradual dos espaços culturais: «Na segunda-feira, dia 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, data simbólica, vamos reabrir todos os museus, palácios, monumentos e sítios arqueológicos».

Os cinemas, teatros, auditórios e salas de espetáculos vão reabrir a 1 de junho e a Ministra referiu que «a programa cultural vai ter diversas limitações» um pouco por todo o país, respeitando as regras definidas em articulação com a Direção-Geral da Saúde.

«É importante criar condições para que, em todo o país, seja possível a realização de programação cultural. É importante para a coesão social e territorial. É importante para as pessoas e é fundamental para artistas, autores, técnicos e entidades culturais de todo o país», acrescentou.
Tags: cultura
Áreas:
Cultura