Saltar para conteúdo

Mar

Ricardo Serrão Santos

Ministro do Mar

Período de governação: 2019-10-26 até à data atual
Ricardo Serrão Santos Ricardo Serrão Santos

Biografia

Ricardo da Piedade Abreu Serrão Santos nasceu em Portalegre em 1954. É casado, tem dois filhos e vive entre São Miguel e o Faial. 

Licenciado em Psicologia e Ecologia Comportamental no Instituto Superior de Psicologia Aplicada e doutorado em Biologia Ambiental e Evolutiva na Faculdade de Ciências da Universidade de Liverpool, Reino Unido, em 1992.

É Investigador Principal da Universidade dos Açores onde foi Diretor do Departamento de Oceanografia e Pescas entre 1997 e 2011. 

Foi Presidente do Instituto do Mar-IMAR entre 2006 e 2014. 

Foi membro dos Conselhos coordenadores dos Laboratórios Associados: Instituto de Sistemas e Robótica 2001-2011) e LARSyS entre (2011-2014). 

Entre 2003 e 2012 exerceu o cargo de Pró-Reitor da Universidade dos Açores para os Assuntos do Mar e para a coordenação do Campus da Horta. 

Foi Delegado Nacional ao Comité das Infraestruturas de Investigação da CE para os FP6 e 7, e Delegado Nacional ao ESFRI (European Strategy Forum for Research Infrastructures) da CE. 

Pertenceu a Conselhos Científicos da Fundação para a Ciência e Tecnologia, onde foi também coordenador do Painel de Ciências do Mar.

Professor Visitante da Faculdade de Ciências Naturais e do Ambiente da Universidade de Southampton (2013-2016). 

Entre 2008-2012 foi membro da Direção do Fórum Permanente para os Assuntos do Mar. 

Foi Vice-Presidente do European Marine Board, Presidente do EurOcean. 

É vice-presidente do Conselho Científico do Instituto Oceanográfico de Paris.

Foi Eurodeputado entre 2014-2019 e membro efetivo da Comissão das Pescas e da Comissão da Agricultura e Desenvolvimento Regional.  Foi o coordenador do Grupo S&D para a Comissão das Pescas. 

No Parlamento Europeu foi ainda vice-presidente de dois Intergrupos «Mudanças Climáticas, Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável» e «Mares, Rios, Ilhas e Zonas Costeiras».

É membro de diversos conselhos consultivos de organizações internacionais, entre os quais o EOOS - European Ocean Obsering System, ou o BiodivERsA. 

Em 2009 foi eleito Membro Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa. 

É Membro Emérito da Academia de Marinha de Lisboa, para a qual fora eleito em 2008.