Saltar para conteúdo

Notícias

2018-12-18 às 15h31

Portugal e Guiné Equatorial assinam protocolo para ensino do português

O instituto Camões e a Universidade Nacional da Guiné Equatorial assinaram um protocolo que marca o início da cooperação em matéria de promoção da língua portuguesa por parte de entidades portugueses naquele país da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

O protocolo consigna a criação de um Leitorado de Português e de um Centro de Língua Portuguesa/Camões, na Universidade Nacional da Guiné Equatorial, tendo já sido selecionada a docente que irá assegurar o desenvolvimento de uma licenciatura e de um curso secundário em Estudos Portugueses.

O protocolo estabelece ainda a criação de projetos no domínio da formação de docentes de Português como língua estrangeira. 

O protocolo foi assinado na capital da Guiné Equatorial, Malabo, pelo Encarregado de Negócios de Portugal, Manuel Grainha do Vale, e pelo Reitor da universidade, Filiberto Ntutumu Nguema Nchama, com a presença do Ministro Delegado dos Assuntos Exteriores e Cooperação da Guiné Equatorial, Bonifácio Mitogo Bindang.