Saltar para conteúdo

Notícias

2021-05-20 às 13h12

União Europeia vai manter compra conjunta de vacinas contra a Covid-19 até 2023

Ministra da Saúde, Marta Temido, na conferência de imprensa após reunião dos Ministros da Saúde da União Europeia, Lisboa, 20 maio 2021 (Foto: Pedro Sá da Bandeira/PPUE)

Os Estados-membros da União Europeia (UE) vão manter a compra conjunta de vacinas contra a Covid-19 até 2023, priorizando uma «opção larga de tecnologia vacinal».

Na conferência de imprensa após a reunião de Ministros da Saúde da União UE, em Lisboa, Marta Temido afirmou que os Estados-Membros decidiram também manter o «portfólio de vacinas com tecnologia do RNA mensageiro e com a tecnologia habitual de vacinação».

A Ministra disse ainda que os Estados-Membros partilham a vontade de manter «elevados níveis de testagem» e de sequenciação, permitindo conhecer a «sua situação epidemiológica dominante no momento».

«Uma mensagem que poderemos retirar desta reunião é a de que, de alguma forma, estamos neste momento numa situação epidemiológica em que temos de manter a atenção naquilo que é a esperança do processo de vacinação, na utilização de cuidados de saúde, mas sem descurar a atenção muito apertada sobre o aparecimento de novas variantes», referiu ainda.