Saltar para conteúdo

Notícias

2021-04-16 às 18h07

União Europeia aprova investimento de natureza climática em África

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva
O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou que a União Europeia «aprovou um novo instrumento para o desenvolvimento regional e cooperação internacional, com uma alocação de 30 mil milhões de dólares para a África subsaariana, que tem 30% como meta de despesa para investimentos com objetivos de natureza climática».

Durante uma intervenção no encerramento do Fórum Empresarial Europa-África, que terminou com uma conversa subordinada ao tema «Acelerar a Parceria UE-África para a Transição da Energia Verde», Santos Silva salientou que «a próxima cimeira entre a União Europeia e a União Africana é o momento perfeito para a consolidação da parceria».

«A transição verde estará na nossa agenda, com o empenho individual de cada país e da presidência do Conselho da União Europeia, para que esta abordagem seja frutuosa e mutuamente vantajosa», acrescentou.

O Ministro sublinhou que a transição energética para um modelo mais sustentável e menos dependente de combustíveis poluentes é um caminho para «acelerar a diversificação económica» nos países dependentes da exportação de recursos naturais e pode «traduzir-se em crescimento, criação de empregos e mais competitividade».

Santos Silva referiu que a mudança de paradigma na energia «é um imperativo para todos» e realçou a injustiça de África ser uma das principais regiões afetadas pelas alterações climáticas quando é uma das que menos contribui para isso.