Saltar para conteúdo

Notícias

2021-04-05 às 14h46

Testagem e vacinação dão confiança no regresso dos 2.º e 3.º ciclos ao ensino presencial

Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, acompanha Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na reabertura do ensino presencial para 2º e 3º ciclos, Lisboa
«Com testagem, com vacinação, com todas as regras que temos de cumprir nas escolas, pudemos dar mais este passo», disse o Ministro, numa declaração à comunicação social no final de uma visita à Escola Básica Francisco Arruda, em Lisboa, onde acompanhou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para assinalar o regresso dos alunos do 2.º e 3.º ciclos ao ensino presencial.
 
Tiago Brandão Rodrigues lembrou que o plano de desconfinamento, atualmente em curso, é composto por várias etapas e que só é possível avançar para a seguinte quando a anterior estiver «cumprida plenamente»:
 
«O que queremos é que entre todos possamos trabalhar para efetivamente dar cada um dos passos de forma firma e acima de tudo para, no dia 19, podermos pensar em continuar com o nosso plano», disse, agradecendo ainda aos profissionais do ensino, pelo trabalho que têm desenvolvido no último ano e, sobretudo, nos últimos meses para permitir a reabertura do ensino presencial.
 
O regresso dos 2.º e 3.º ciclos ao ensino presencial é uma das medidas da segunda fase do processo de desconfinamento do Governo, que vai ser acompanhado por mais uma ronda de campanha de rastreio nas escolas. Ao longo da semana, serão testados à covid-19 todos os cerca de 150 mil professores e funcionários.
 
Os profissionais do pré-escolar e 1.º ciclo que já realizaram um primeiro teste de diagnóstico há duas semanas também vão voltar a ser testados durante esta semana, mas apenas nos concelhos com um nível de incidência de casos positivos acima de 120/100 mil habitantes.

Durante a tarde, o Ministro inaugurou o Centro Escolar de Carvoeira, em Ourém, que representa um investimento superior a 1,8 milhões de euros. O novo edifício dá resposta a cerca de 200 crianças da Educação Pré-Escolar e do 1.º ciclo do ensino básico.

Tags: escolas
Áreas:
Educação