Saltar para conteúdo

Notícias

2020-06-06 às 15h50

«Saiam em segurança»

Primeiro-Ministro António Costa no lançamento da app sobre lotação das praias, Portimão, 6 junho 2020
O Primeiro-Ministro António Costa apelou aos portugueses para que «saiam em segurança», tendo cuidados redobrados, nomeadamente na semana de 8 a 14 de junho, que tem dois feriados. 

«Quando se avizinha uma semana marcada por dois feriados, muitos portugueses depois de muitos meses de confinamento em que a palavra foi ‘fique em casa’, querem, seguramente, aproveitar esta semana», disse, acrescentando que devem fazê-lo «mas com uma nova palavra de ordem que é ‘saia em segurança’», disse.

O Primeiro-Ministro intervinha na inauguração de uma nova unidade hoteleira no Alvor, concelho de Portimão, depois de ter estado presente na abertura da época balnear, na Praia da Rocha, para o lançamento da uma aplicação para telemóvel que facilita a escolha das praias menos lotadas.

Nas praias sempre existiram regras e, este ano, «perante uma nova realidade, existem regras novas» que, se foram cumpridas, permitem ir à praia em segurança.

António Costa disse também que é possível sair em segurança «no nosso bairro, na nossa cidade, na nossa região, visitando outras regiões e descobrindo regiões onde o turismo é menos frequente, ma também sem que se deixe de vir ao Algarve».

O Algarve é um destino turístico seguro, disse, referindo que a adaptação às regras de segurança para a Covid-19 na região «é muito tranquilizador para todos os que quiserem passar as suas férias, um fim-de-semana ou os feriados».

O Primeiro-Ministro repetiu o apelo para que os portugueses aproveitem este ano para visitar algumas regiões devido à previsão de existirem menos turistas estrangeiros. 

«Os portugueses que costumam dizer que não vão a determinados sítios porque têm muita gente, devem aproveitar este ano, porque, por muito que as coisas corram bem, haverá menos turistas vindos de fora e mais espaço para nós. Não sabemos por quanto tempo, por isso convém aproveitar este ano», disse.

O Primeiro-Ministro foi acompanhado pelos Ministros da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, e do Ambiente e da Ação Climática, Matos Fernandes, e pelo Secretário de Estado das Pescas, José Apolinário (coordenador para o Covid-19 na região).