Saltar para conteúdo

Notícias

2021-03-17 às 20h13

Risco de violência contra mulheres «emergiu como uma pandemia-sombra»

A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, afirmou que «a violência contra mulheres e meninas emergiu como uma pandemia-sombra» durante os meses de pandemia de Covid-19.

Num evento virtual da Comissão das Nações Unidas sobre o Estatuto da Mulher coorganizado pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, a Secretária de Estado sublinhou que «o risco de violência aumentou com a implementação de medidas de confinamento em todos os países».

Rosa Monteiro realçou que a pandemia não foi neutra entre o sexo masculino e feminino e «em todas as esferas, seja na saúde, economia, segurança ou proteção social, o impacto é exacerbado para as mulheres».

A Secretária de Estado disse também que há um défice de representação das mulheres em setores vitais para todas as economias e sociedades, como a saúde, educação, prestação de cuidados e limpezas, acrescentando que as mulheres tiveram um aumento de responsabilidades e encargos nas vidas pessoais com os trabalhos não pagos de cuidados a idosos ou crianças.

Os dois fenómenos em conjunto contribuíram para o «reforço dos estereótipos de género», declarou Rosa Monteiro.
Áreas:
Presidência