Saltar para conteúdo

Notícias

2021-04-25 às 14h26

Primeiro-Ministro inaugura o maior centro de saúde do País

Primeiro-Ministro inaugura Unidade de Saúde de Algueirão-Mem Martins, Sintra
Primeiro-Ministro António Costa na inauguração do Centro de Saúde de Algueirão-Mem Martins, Sintra, 25 abril 2021
«Tenho particular satisfação em celebrar o 25 de Abril com a inauguração do maior centro de saúde do País, porque celebrar o 25 de abril não é só celebrar o maravilhoso dia libertador, é celebrar tudo o que, ao longo destes 47 anos, o 25 de abril tornou possível e que vai continuar a tornar possível», disse o Primeiro-Ministro António Costa na inauguração da Unidade de Saúde de Algueirão-Mem Martins, no concelho de Sintra, 

António Costa sublinhou que «a liberdade nos dá a ambição de querer sempre ir mais além», lembrando que «foi o 25 de Abril que nos permitiu ter o Serviço Nacional de Saúde público, universal, tendencialmente gratuito, acessível a todas e a todos independentemente de onde vivam ou de qual seja a sua situação económica».

A democracia «tem como uma das suas maiores marcas o poder local democrático, parceiro imprescindível na construção deste centro de saúde, dos outros cinco centros de saúde que já construímos ou estamos a construir no concelho de Sintra, e parceiro do próximo hospital de Sintra», disse.

«Tal como está na lei da descentralização, as autarquias locais são as entidades para assumir as responsabilidades na gestão dos equipamentos de saúde de proximidade», acrescentou.

O Primeiro-Ministro disse também que «estamos também a celebrar a adesão à União Europa que o 25 de abril tornou possível e que se exprime em coisas aparentemente tão singelas como terem sido os fundos comunitários que pagaram metade deste centro de saúde». 

«A União Europeia não é uma coisa distante, está no nosso dia-a-dia, em todos os Algueirões-Mem Martins que existem no 27 Estados membros, onde a União Europeia está com a sua solidariedade», afirmou.

Plano de Recuperação

António Costa disse que é para continuar «a realizar o 25 de Abril todos e cada dia da nossa vida» que o Plano de Recuperação e Resiliência, tem «verbas previstas para que estes centros de saúde, para que, para além de novos espaços, dos excelentes profissionais que já têm, passem a ter os equipamentos necessários aos diagnósticos de proximidade para que as pessoas não tenham de ir ao hospital fazer análises ou Raio X».

Verbas para que «em cada centro de saúde exista uma cadeira de dentista e os dentistas necessários para que a saúde oral seja uma nova valência do Serviço Nacional de Saúde, para realizar a estratégia nacional de saúde mental tendo essa nova valência nos cuidados de saúde primários dos centros de saúde», disse.

Tem também «as verbas necessárias para completar a rede de cuidados continuados integrados». «O aumento da esperança de vida não é um problema, é um ganho civilizacional extraordinário, mas significa que muitos chegam à idade de ter doenças que antes não tinham porque morriam» antes dessa idade, pelo que «temos de adaptar a resposta do Serviço Nacional de Saúde às necessidades que o desafio demográfico nos coloca». 

O Primeiro-Ministro afirmou que quer «um serviço nacional de saúde mais robusto, mais capaz de responder às necessidades crescentes de uma população que, felizmente, é diferente da de há 47 anos, porque hoje tem a esperança de vida que faz com que tenha doenças que os seus pais e avós nunca chegaram à idade de ter».

Assim, «não celebramos só o dia da libertação, o SNS e o poder local democrático que já construímos, a União Europeia onde nos integrámos, celebramos a vontade de ambicionar irmos sempre mais longe». 

«Hoje estamos a inaugurar este centro de saúde, mas daqui a 10 anos vamos querer mais, porque o 25 de Abril é sempre, é uma ambição permanente», disse ainda.

62 mil utentes

A Unidade de Saúde de Algueirão-Mem Martins representa um investimento de quatro milhões de euros, e via servir uma população de 62 mil pessoas.

O novo edifício vai permitir instalar num único local a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados Algueirão e a Unidade de Saúde Familiar Natividade, tendo ainda espaços para o funcionamento das unidades de Recursos Assistenciais Partilhados, de Cuidados na Comunidade e de Saúde Pública.