Saltar para conteúdo

Notícias

2021-07-14 às 20h22

Plataforma de Ensino Superior Politécnico vai aumentar oferta formativa em Lisboa e Vale do Tejo

Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, no lançamento da Plataforma de Ensino Superior Politécnico na zona norte de Lisboa, 14 julho 2021
O Governo lançou a Plataforma de Ensino Superior Politécnico na zona norte de Lisboa, que vai abranger os concelhos da Amadora, Arruda dos Vinhos, Loures, Mafra, Odivelas, Sintra, Torres Vedras e Vila Franca de Xira. 

A Plataforma tem como objetivo reforçar a oferta de ensino superior politécnico nestes territórios já a partir do próximo ano letivo. Essa oferta será assegurada pelos Politécnicos de Leiria, Santarém, Setúbal e Tomar, com apoio de fundos europeus dos Programas Operacionais Regionais Centro, Lisboa e Alentejo e do Plano de Recuperação e Resiliência. Vão ainda contribuir para a criação desta formação várias empresas e escolas profissionais com sede nos concelhos abrangidos. 

A Plataforma está orientada para a oferta de proximidade de formações curtas de âmbito superior, como Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP) e Pós-Graduações, nas áreas das tecnologias de informação, comunicação e eletrónica, química, conservação e restauro, turismo e desporto nos municípios acima referidos. 

A ligação dos Institutos Politécnicos abrangidos ao tecido empresarial local e regional vai permitir o desenvolvimento de competências adequadas ao contexto deste território e estas formações vão ainda permitir aos formandos prosseguirem estudos para licenciaturas ou fazerem formação ao longo da vida. 

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, celebraram este lançamento na tarde desta quarta-feira, numa sessão na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. Na sessão participaram também os Secretários de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira, e da Valorização do Interior, Isabel Ferreira.