Saltar para conteúdo

Notícias

2021-01-27 às 14h13

Países do D9+ assinam declaração conjunta para Década Digital na Europa

Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, durante a reunião por videoconferência dos países do D9+, Lisboa, 27 janeiro 2021
Os países do grupo D9+, considerados lideres digitais na Europa, estiveram reunidos, em videoconferência, esta quarta-feira, dia 27 de janeiro, tendo na agenda a formulação do roteiro e dos objetivos para a Europa em 2030. Do encontro, que contou com a presença da Comissária Europeia para a Concorrência Margrethe Vestager, resultou, ainda, a assinatura da declaração conjunta "Leading the Way to Europe’s Digital Decade".
 
O Secretário de Estado para a Transição Digital, André de Aragão Azevedo, em representação de Portugal, salientou que «a transição digital assume uma relevância maior no atual contexto, pois sem ela não existirá uma verdadeira recuperação europeia». «Por isso, em Portugal 31% das verbas disponíveis no Plano de Recuperação e Resiliência será alocado a medidas de Transição Digital», disse.
 
O Secretário de Estado sublinhou ainda que «a declaração assinada é da maior importância para que a Europa possa garantir uma posição de liderança digital, reconhecendo que a vantagem competitiva digital na próxima década sairá reforçada com os investimentos necessários nas áreas de IA, tecnologias de 5G e economia de dados».
 
Portugal integra, desde outubro, o D9+, grupo informal de Estados-Membros que reúne os países europeus com melhor classificação no Índice Anual de Economia e Sociedade Digital (DESI) da Comissão Europeia. O objetivo é promover a utilização, implementação e partilha das melhores práticas de digitalização.
 
Do D9+,fazem, ainda, parte : Dinamarca, Finlândia, Suécia, Holanda, Luxemburgo, Bélgica, Espanha, Irlanda e Estónia, República Checa e Polónia.