Saltar para conteúdo

Notícias

2021-04-10 às 18h56

Observatório do Atlântico vai investigar oceano nas várias dimensões

Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, na assinatura do Memorando de Entendimento para a criação do «Consórcio do Observatório do Atlântico», Horta, 10 abril 2021
Nos dias 9 de abril, na ilha Terceira, e 10 de abril, na ilha do Faial, nos Açores, decorreu o evento Atlantic International Research Centre - AIR Centre & «Observatório do Atlântico - Novos desenvolvimentos e perspetivas futuras», que contou com a presença do Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos.

No âmbito deste evento, o Ministério do Mar, em parceira com o AIR Centre, promoveu uma sessão pública de debate sobre o Observatório do Atlântico na cooperação atlântica e a apresentação do projeto «Observatório do Atlântico – Infraestrutura de Dados e Monitorização» do Programa Crescimento Azul (EEA Grants 2014-2021).  

Este projeto prevê a criação e operacionalização de um sistema integrado e eficiente de observação oceanográfica que apoie a investigação e monitorização do Oceano Atlântico. 

Neste âmbito, funcionará como um portal de acesso a dados, informações e serviços associados à bacia do Atlântico, com vista à proteção, investigação, monitorização e exploração socioeconómica das zonas marítimas do Atlântico.
 
Durante a sessão foi assinado o Memorando de Entendimento para a criação do «Consórcio do Observatório do Atlântico», por entidades regionais e nacionais ligadas à investigação dos oceanos, que contou com a presença dos Ministros da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, e do Mar, Ricardo Serrão Santos, dos Presidentes da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, Luís Garcia, do Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, e do Presidente da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo Silva.

Na sessão de encerramento, o Ministro do Mar realçou a necessidade de colaboração entre as partes interessadas para um maior conhecimento do oceano, acrescentando que a natureza do consórcio do Observatório do Atlântico, «permite um envolvimento forte de cada um dos parceiros e assume a partilha de recursos como forma de atingir um objetivo comum, o que é particularmente importante para o mar». 

O consórcio Observatório do Atlântico juntará academia e entidades formadoras, setor público, setor privado e entidades financiadoras, estando aberto a novos parceiros, com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre o Oceano Atlântico.